Pular para o conteúdo principal

Verrines por Paulo Trevisani

VERRINES: DELÍCIAS EM PEQUENAS DOSES.


“O melhor tempero da comida é a fome”
Marcus Túllio Cícero (106 A.C.- 43 A.C.)

Olá, pessoal!
Vou discordar um pouco do grande pensador, orador e político romano Cícero. Sem dúvida, a fome é um elemento importante para a apreciação de um prato, mas não podemos prescindir na elaboração de uma boa comida dos ingredientes e temperos cada vez mais diversos e especiais, além das combinações de sabores, texturas e, especialmente, no tocante ao assunto de hoje, novas formas de apresentação. Tudo isso, sem dúvida, é o que faz a beleza e riqueza da gastronomia. É sobre isso que falaremos , trazendo a vocês algo que inicialmente se apresentou somente como mais uma tendência, mas que agora já figura nos eventos como figura presente: os verrines. Você os conhece? Vou apresentá-los, então!


Os verrines são aqueles charmosos copinhos de vidro utilizados no início como sobremesas, mas que depois também começaram a integrar os coquetéis e mesas de antepasto dos eventos em versões salgadas. Surgiram na França e desde 2007 figuram no cardápios das confeitarias e restaurantes requintados daquele país. A palavra verrine é a forma diminutiva de verre, palavra francesa que significa copo. O que chama atenção nos verrines são as camadas diferenciadas onde, com bom gosto imaginação, pode-se chegar a sabores inusitados. Obtemos isso alternando, como exemplo, cremes com crocantes, doces com salgados, e mesmo com variações de temperaturas, quente e frio. Basta então você mergulhar a colher na vertical, e apreciar as diferenças no paladar. Sem dúvida, é uma experiência bem interessante!


Devido a essa versatilidade e beleza, os “copinhos” sempre fazem sucesso nos eventos. Nos coquetéis são utilizados também pela praticidade de uso, mas podem fazer parte da mesa de frios e antepastos, servidos antes dos pratos principais e na mesa de doces. Vou dar só umas idéias das delícias que os verrines pode apresentar: na versões salgadas, imagine camadas de bacalhau desfiado, purê de batata e pesto de azeitonas; creme azedo (ou mascarpone) salmão defumado e endro; creme de abóbora e carne de sol; creme de pêra caramelado, gorgonzola e rúcula à julienne (vou parar por aqui, já estou ficando com fome). No campo dos doces: camadas de mousse de chocolate branco e coulis de framboesa; creme de strogonof de nozes, creme de avelã e farofa de castanha do Pará; mousse de chocolate meio-amargo, geléia de laranja e gengibre cristalizado. (agora não tem jeito. Com licença, vou até a geladeira!) Se pensar é bom, degustar então...

Assim, estes então são os nossos verrines. Bonitos, práticos e saborosos, são uma ótima opção para abrilhantar ainda mais não só o seu evento, mas também reuniões menos solenes e formais, como uma reunião famíliar, com os amigos e mesmo um jantar romântico a dois. Se você gosta de cozinhar, procure receitas, crie seus verrines, será sucesso garantido!

Tenho certeza de que Cícero, quando cunhou a frase que acima citamos, não tinha à sua disposição um delicioso verrine, pois então a história teria sido outra. Até a próxima e não esqueça: CASE BEM, COMA BEM E SEJA FELIZ!!!

Coluna Paulo Trevisani - Site Casebem
Fotos: reprodução

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aniversário Antônia Silva Abreu

Neste último sábado tivemos o prazer de fazer os doces e tortas para a festa  de aniversário da querida Sra. Antônia Silva Abreu na Associação Médica do Paraná. A decoração floral ficou por conta da Flor de Liz.Desejamos a toda família, felicidades e a Sra. Antônia um Feliz Aniversário.

Workshop Inesquecível Casamento 2018 by Bárbara Trevisani

Esta chegando a semana IC WEEK , Inesquecível Casamento. Venha nos visitar.

 .

Casamento de Maya Ditchfield Zancope e Antônio Carlos Witchmiden Iurk

Fomos responsável pelos doces ,o bolo da festa e bem-casados do casamento de Maya Ditchfield Zancope e Antônio Carlos Witchmichen Iurk, filhos de Gilberto Junqueira Zancope e Christine Ditchfield e Jones Nazareno Iurk e Maria Lorena Witcmichen Iurk, que aconteceu neste sábado, na Igreja dos Passarinhos, seguido de animada recepção no Buffet Nuvem de Coco. A produção impecável de Ruy Barrozo fez a diferença.Floricultura: Tina Gabriel,cerimonial: Sandra Colim

Ruy Barrozo, Barbara e Paulo Trevisani
Foto: Braulio Delai